#079 – Gerenciamento de Riscos e FMEA com Luís Magalhães

#079 – Gerenciamento de Riscos e FMEA com Luís Magalhães

Esse podcast é para profissionais que realizam gerenciamento de riscos.

Mande suas dúvidas ou comentários por Whatsapp ou Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077, ou pelo e-mail: contato@qualicast.com.br

Links citados no Podcast

Apresentação

Neste episódio, nossos qualicasters Jeison Arenhart e Monise Carla vão falar sobre gerenciamento de riscos e o FMEA e, para essa conversa, o convidado especial é o Luís Magalhães que é especialista em sistemas de gestão ISO 9001, ISO 13485 e IATF 16949, ISO 14001 e ISO 45001.

Tema: Ferramentas de Gerenciamento e Mentalidade de Riscos

O que é FMEA e seus diferenciais?

  • Do inglês, Failure Mode and Effect Analysis, para o português: Análise de Modo e Efeito de Falha. Ou seja, têm o objetivo de avaliar a possibilidade de alguma coisa dar errada em relação ao não atingimento de um objetivo de um produto e, se isso acontecer, quais os efeitos desse acontecimento.
  • Então, é uma ferramenta que deve ser conduzida de modo pró ativo quando você está criando um produto ou o processo, é uma importante ferramenta, na identificação das falhas e na sua correção, aumentando a confiabilidade dos produtos e dos processos. Então, o FMEA possui dois tipos: 
    • De Produto: relacionado às falhas que poderão ocorrer no produto, dentro das especificações do projeto.
    • De Processo: relacionado às falhas que poderão ocorrer no planejamento do processo, levando-se em consideração as não conformidades apresentadas no produto, relacionadas às especificações do projeto.
  • A FMEA seria como a mentalidade de risco, da ISO 9001: o pensamento baseado no risco deve ser considerado desde o início e em todo o sistema, tornando a ação preventiva inerente às atividades de planejamento, operação, análise e avaliação.
  • A mentalidade de risco ocorre, para muitos, de maneira natural no dia a dia. Se tornando um exercício de prevenir riscos. Mas o FMEA, é uma análise mais criteriosa do que uma análise de risco simplificado, porque há uma complexidade maior no uso dessa ferramenta. Nem tudo é passível da aplicação do FMEA. 
  • É fundamental ter foco nas características especiais, ter foco para analisar aquilo que é realmente relevante. 
  • Oportunidade não é somente o lado positivo do risco, é um conjunto de circunstâncias que torna possível fazer alguma coisa, tomar alguma ação. E aproveitar ou não uma oportunidade apresenta diferentes níveis de risco.

O que é a APQP?

  • Tradução livre, APQP é o Planejamento Avançado da Qualidade do Produto. A APQP é caracterizada por cinco fases: o planejamento; desenvolvimento do produto; desenvolvimento do processo; validação do produto e do processo; retroalimentação, ação corretiva e melhoria.
  • E o PPAP é o processo de saída da APQP, que é o Processo de Aprovação da Peça de Produção.

Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros
– Confúcio

PROMESSA!

  • Gravar um episódio sobre APQP.
  • Fazer Webinar com o Luís Magalhães.

NOVIDADE!

Envie um áudio pra gente por Whatsapp e Telegram pelo número: (43) 9 9822-0077 e se usarmos seu áudio no programa, você ganhará nossos stickers!

Imagem dos Stickers que o pessoal do Qualicast envia para os ouvintes.

 

clique aqui para ler o roteiro completo

Leave a Comment